Piedade e Sacolas Plásticas – Clarice Villac

tartaruga_marinha_verde_Tamar

Piedade e Sacolas Plásticas

Clarice Villac – Campinas, SP

Em sua rota marinha,
atravessa oceanos,
Tartaruga confiante.
Porém os seres humanos
espalham sacolas plásticas,
qual caravelas fantásticas,
qual flutuantes enganos.

Ao chegar perto da praia
vê diferente medusa
bela antiga Tartaruga.
E, apesar de confusa,
ela engole a “água-viva”.
Pena que não sobreviva.
O plástico nos acusa.

Conheça o Projeto TAMAR !

imagem : tartaruga marinha verde : http://www.tamar.com.br/foto.php?evento=Verde

______________

* Artigo-reportagem relacionado :
https://cantinholiterariososriosdobrasil.wordpress.com/2011/11/15/lixo-mata-tartarugas-marinhas-nas-praias-da-baixada-santista-sp/

Esse post foi publicado em Poesia e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Piedade e Sacolas Plásticas – Clarice Villac

  1. Ly Sabas disse:

    Rezemos, Poeta, que nossos netos vivam em um mundo mais equilibrado.
    Onde nossas irmãs tartarugas e seus amigos não sofram as consequencias da modernidade desenfreada.

  2. marcio rodrigues disse:

    Já virou um clichê, mas., de sabedoria permanente
    “antes de pensarmos que mundo deixaremos aos nossos filhos, perguntemos, que filhos queremos deixar ao nosso mundo.” Educação e família pode gerar o governo do futuro. Mas, temos de nos apressar, e perdermos o foco da luta. \só os poetas acreditam em Deus.

  3. Pingback: Lixo mata tartarugas marinhas nas praias da Baixada Santista (SP) | Cantinho Literário SOS Rios do Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s