Trovas Reticentes – Clarice Villac

Trovas Reticentes

                                                              Clarice Villac – Campinas, SP

Fico olhando a cachoeira

entre as pedras a saltar…

Pr’ela continuar inteira,

só com a mata ciliar !

*** 

Se desmatar as encostas

não adiantam construções:

cairão nas nossas costas

em imensos turbilhões !

 

Procuro árvores e flores

no meio do caos urbano…

Só nas vitrines há cores

assim desse jeito insano…

__________________
imagens : 
– Fonte de águas e cascata, Serra de Bodoquena no Mato Grosso, Brasil – foto de Roson White : http://www.flickr.com/photos/1779079/3979108099/
–  Dália Jordanense – foto de Clarice Villac
Esse post foi publicado em Poesia e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Trovas Reticentes – Clarice Villac

  1. Olá, minha amiga Clarice.
    É sempre um momento ímpar e mágico, visitar o seu blog. Considero um “refúgio” da correria do dia-a-dia. Deixo aqui meus cumprimentos, pelo texto impecável, belíssima poesia e fotografias perfeitas. (Parabéns especial para a foto de sua autoria)
    Grande abraço.
    Fabiano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s