Se as Árvores Falassem – poema de Izaltino Gonçalves de Paula, cartum de Fabiano dos Santos

Charge-Fabiano-Cartunista-23

Se as Árvores Falassem

                        Izaltino Gonçalves de Paula*

Machado velho
idos tempos recordei
nosso passado
me veio à imaginação
relembro agora
quando seu cabo empunhei
pra derrubar
as belas matas do sertão.

Já estou velho
e você corroído
mas nossos feitos
não se apagarão jamais
rastros de dor
é que me deixam comovido
devastação
é o que deixamos para trás.

Agora vejo
o sertão virar deserto
e lindos rios
soterrados de areião
a passarada
lá não canta mais por certo
de um paraíso
só restou desolação.

E também vejo
rica flora a se extinguir
num mar de areias
onde árvores não há
não me perdoo
por ajudar construir
Num céu caboclo
a solidão que aí está.

Se as árvores falassem
dariam gritos de dor
também nos condenariam
por tanta falta de amor.
Mas o tronco ao ser ferido
em seus momentos finais
solta apenas um rangido
um adeus para nunca mais.

______________________

* Izaltino Gonçalves de Paula
(Poeta Tanabiense)

Fabiano Cartunista escreve :

No dia 25 de Fevereiro deste ano, fui nomeado Membro do Conselho de Cultura da cidade onde resido atualmente (Tanabi – SP). O evento contou com várias apresentações artísticas, entre elas, coral, música, artes plásticas, poesias e a Exposição “Koizas da Vida”, com tirinhas e Charges de minha autoria, sobre o Meio Ambiente.

Na apresentação de Poesia, uma me chamou muito a atenção, a poesia do Tanabiense, Sr. Izaltino Gonçalves de Paula. Ele é o escritor da letra da música Boi Soberano, entre tantas outras. A poesia que me despertou o interesse em fazer uma ilustração, foi “Se as árvores falassem”. Uma linda poesia, a qual publico junto com a minha ilustração.

http://www.fabianocartunista.com/

Esse post foi publicado em Cartuns, Imagens, Poesia e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Se as Árvores Falassem – poema de Izaltino Gonçalves de Paula, cartum de Fabiano dos Santos

  1. Jomir Jocio Maximiano disse:

    Muito lindo esse poema… Agora, mais ainda com o cartum de Fabiano dos Santos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s