A Lição dos Porcos – Pedro Brasil Jr.

porcos_no_rodoanel

A Lição dos Porcos

                                       – Pedro Brasil Jr.

Não fosse pelo acidente e teria sido apenas mais um carregamento de suínos para o abate. Do campo para a cidade estes animais levam uma vida (se é que de fato vivem) grotesca, envolta de cuidados específicos para que ganhem massa e, portanto, se traduzam em bons lucros.

Movimentos em defesa dos animais se agitaram, correram para salvar aqueles animais que por horas, como se já não bastasse a vida sofrida, pereceram numa situação inusitada.

É a força e o poder comercial que impera! Tenho certeza de que, ao mesmo tempo do ocorrido, outros caregamentos cruzaram estradas em diferentes pontos da nossa terra.

Existe uma cadeia produtiva de suínos que culmina nas casas de carne e nas indústrias, sem contar com as exportações que somam pontos cruciais no PIB.

Apesar dos pesares e de tantos outros porcos continuarem sendo enviados para o abate, aqueles do acidente, os que se salvaram, deram uma nova lição do porco, ainda mais nestes tempos em que outros porcos fuçam o inexistente para transformar balelas em traiçoeiras verdades.

A lição dos porcos do caminhão tombado foi de humanidade. Dirá alguém: Mas não são simplesmente porcos?

A humanidade que falta para tantos levou uns poucos a ofertar àqueles animais o que, infelizmente, muitos nem ao menos ofertam aos seus mais chegados. Lágrimas, desespero, apelos, correria para salvar aquelas vidas já condenadas e antes mesmo de “pelar”, transformadas em pujantes cédulas monetárias.

Os que correram para atender os porcos, os que se envolveram diretamente com os animais, inclusive veterinários, relataram depois as emoções que viveram, atinando muitos deles, que fora a primeira vez que olharam um porco com outros olhos.
Foi a primeira vez que não viram necessáriamente um porco, mas um ser vivo, com suas dores, seus dramas, seu olhar indefinido e sua surpresa ao receber água e afeto.

Afeto é o que nos falta!

Já não existe afeto entre humanos. São alguns casos verdadeiros, porque na maioria das ocasiões, são sempre armas para se tirar proveito ou vantagens.

O porco que alimenta o homem, que dá lucro ao homem, que dá trabalho ao homem, subentende-se pelo próprio homem se tratar de um bicho qualquer, sem sentimentos, sem dores, sem oportunidade de vida, já que é apenas mais um produto de consumo entre tantos.

A lição dos porcos do caminhão tombado é muito mais profunda do que minhas palavras podem alcançar.
Ela vai além de todas as vidas e nos traz o alerta para estas sangrias desenfreadas que assolam os quatro cantos.
Somos humanos com desejo de viver livres, felizes, distantes da violência e dos panoramas sombrios.

Eles são porcos, dignos de uma vida, de um bom tratamento, mas embora triste para muitos de nós, seguirão sendo porcos que transformar-se-ão no lucro de tantos outros homens.

Quem imaginaria um dia que “A lição do porco” já tão espalhada pela fábula, um dia seria real, impactante e mobilizaria tanta gente para ofertar um apoio providencial em nome da vida?
A lição dos porcos do caminhão tombado deve nos levar a pensar com muita profundidade na importância da vida, já que muitos irmãos mundo afora, padecem praticamente do mesmo tipo de crueldade, só que aqueles, não são embalados para exportação e não auferem lucro algum a quem quer que seja.

______________

http://guardiaodoportal.blogspot.com.br/

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônicas, Prosa e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s