Andorinhas Escrevem No Ar – poema de Lindolf Bell, cartum de Laerte Coutinho

lola99_laerte

Andorinhas Escrevem No Ar

                                                            –  Lindolf Bell

Guardo da infância
andorinhas escrevendo
no ar

Hoje
recolho ainda
andorinhas escrevendo
no ar

Andorinhas
não publicam
nem declamam
o que escrevem
no ar

Entendi a escrita minha
ao entender a escrita da andorinha

_____________

Poema : Lindolf Bell, in O Código das Águas, org. Sônia Rivello.

Imagem: cartum de Laerte Coutinho : http://manualdominotauro.blogspot.com.br/2013/01/lola-99.html

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Cartuns, Imagens, Poesia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s