Morceguinho – ajudando a desmanchar preconceitos – artigo de Kleber Pinto Antunes de Oliveira; fotos de Santino Frezza

MORCEGO_artibeus_Santino_Frezza

Visitante noturno do nosso quintal em Avaré-SP.
Morcego do gênero Artibeus.
Frugívoro, veio comer casca de banana que sobrou nos comedouros de aves.
Em 04/07/2020 – Santino Frezza.

Morceguinho – ajudando a desmanchar preconceitos

                                                                                – Kleber Pinto Antunes de Oliveira

As fotos são de um morcego frugívoro do gênero Artibeus, mas não podemos chegar na espécie, por não termos manuseado o exemplar, não termos obtido as fundamentais medidas morfométricas. Às vezes, até para chegarmos na espécie, temos que estudar, visualizar a dentição.

No estado de São Paulo, há 4 espécies de Artibeus. No Rio Grande do Sul, duas espécies de Artibeus. Quanto não chegamos na identificação de uma espécie, através de foto, postamos a foto e digitamos, por exemplo, Artibeus sp.      sp.  significa que a espécie não foi identificada.

Artibeus gosta muito de figos selvagens.

As espécies do gênero Artibeus, além de frutos (predominantemente), podem completar a dieta com insetos, pólen, néctar e folhas.

O máximo que um Artibeus atinge são 113 milímetros de comprimento de corpo.

O nome da espécie do maior morcego ocorrente no Brasil, que é bem maior do que exemplares do gênero Artibeus, é Vampyrum spectrum. Comprimento do  corpo médio 125 – 158  milímetros. Não é hematófago, apesar de ter no nome, equivocadamente, Vampyrum. Alimenta se de aves, outros morcegos, roedores. Completa a dieta com insetos e frutas.

Os morcegos são os mamíferos que possuem maior diversidade alimentar.

Há espécies frugívoras; insetívoras (ao redor de 70% das espécies); nectarívoras; polinívoras; hematófagas apenas 3 em um total de 1331 espécies; carnívoras (predam pequenos morcegos, pequenos pássaros, roedores, marsupiais, anfíbios, escorpiões); piscívoras.

São importantes componentes de cadeias alimentares, podendo ocupar nas mesmas, diferentes posições.

São importantes indicadores biológicos.

Uma enzima  presente na saliva de Desmodus rotundus (espécie hematófaga de morcego), está sendo cada vez mais usada na área da Cardiologia, devido ao seu grande potencial anticoagulante.

Morcegos (algumas espécies) são responsáveis por regeneração de áreas que foram alvo de desmatamento, pois realizam a dispersão de sementes.
Polinizam muitas espécies vegetais.

São conhecidas (4.000) quatro mil interações entre plantas e morcegos, ao longo de todo o planeta Terra.

Do ponto de vista humano, também colaboram com o controle de insetos, por exemplo, predando pernilongos e outras espécies de insetos.

Ocorrem no estado de São Paulo, 76 espécies de quirópteros; no Rio Grande do Sul, ocorrem 41 espécies de morcegos.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .  Kleber Pinto Antunes de Oliveira (pesquisa morcegos desde o segundo semestre de 1993, é biólogo, zoólogo gaúcho).

Morcegos precisam ser preservados!

MORCEGO_artibeus_Santino_Frezza_1

Visitante noturno do nosso quintal em Avaré-SP.
Morcego do gênero Artibeus.
Frugívoro, veio comer casca de banana que sobrou nos comedouros de aves.
Em 04/07/2020 – Santino Frezza.


Morceguinho lindo
Tão temido sem motivo
Multiplica vida

          – Santino Frezza

_______________

Para ver fotos de aves por Santino Frezza:
http://www.wikiaves.com.br/perfil_sanfrezza

Esse post foi publicado em Artigos, Imagens, Prosa e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Morceguinho – ajudando a desmanchar preconceitos – artigo de Kleber Pinto Antunes de Oliveira; fotos de Santino Frezza

  1. Ezio Frezza Filho disse:

    Excelente texto, excelente foto, excelente haicai. Parabéns aos autores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s